Vagos: Assembleia Municipal Jovem deu o “pontapé de saída” no CER

2023-05-04

O CER de Vagos, acolheu a 1.ª edição da Assembleia Municipal Jovem com representantes dos alunos do Agrupamento de Escolas de Vagos, do Colégio de Calvão e da EPADRV

Vagos: Assembleia Municipal Jovem deu o “pontapé de saída” no CER

No dia 3 de maio, o Centro de Educação e Recreio (CER) de Vagos, acolheu a 1.ª edição da Assembleia Municipal Jovem.  Nesta Assembleia estiveram presentes os representantes dos alunos do Agrupamento de Escolas de Vagos, do Colégio de Calvão e da Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos (EPADRV), que revelaram as suas inquietações e apontaram algumas propostas.

A Assembleia Municipal Jovem tem como finalidade dar uma voz ativa aos jovens ouvindo as suas ideias e preocupações, uma vez que eles são o motor e o futuro da nossa sociedade.  

Nesta primeira sessão, marcaram presença o Presidente da Assembleia Municipal de Vagos, Rui Santos, o Presidente da Câmara Municipal, Silvério Regalado e o Vereador da Educação, Pedro Bento. O Agrupamento de Escolas de Vagos esteve representado por 9 alunos, o Colégio de Nossa Senhora da Apresentação de Calvão por 11 e a EPADRV foi representada por 6 alunos.  
Com os três segmentos da comunidade educativa presentes, o representante do Agrupamento de Escolas de Vagos, o aluno Francisco Ribeiro, deu conta do que considera serem vários problemas a nível de infraestruturas existentes na Escola Secundária de Vagos, nomeadamente os balneários e o telheiro da escola que, na sua ótica, necessitam de ser melhorados. De resto, foram apresentados dois projetos: um focado na realização de um dia de intercâmbio entre as três entidades educativas do concelho, para fomentar a relação entre os alunos e estreitar distâncias. O outro projeto passa por dar oportunidade aos alunos imigrantes de visitarem os pontos turísticos e de interesse do município.
 Por seu turno, o Colégio de Calvão, os alunos Cristiana Diniz e Leandro Melo, apresentaram o projeto “Skate Park”, a ficar situado no barreiro de Calvão. Com este projeto, os alunos calvoenses pretendem que os jovens vejam
estimulada a prática de exercício físico, assim como a dinamização daquele espaço da freguesia. Os estudantes pretendem ainda que a eventual construção desta infraestrutura recorra a materiais com baixo impacto
ambiental.  
Já a EPADRV, a aluna Sara Santos, apontou como principal problema a falta de transportes da escola para o centro de Vagos, revelando que os alunos que vivem nas residências não têm oportunidade de sair do espaço escolar.
O Presidente da Câmara de Vagos, Silvério Regalado, respondeu aos problemas apresentados pelos alunos afirmando que “todas as situações e projetos descritos são importantes e de relevância para os alunos e para o
Município de Vagos”
Por sua vez, o Presidente da Assembleia Municipal de Vagos, Rui Santos, referiu que “o papel dos jovens é de extraordinária importância na participação cívica e social, na discussão política, na defesa da liberdade e da democracia”.
A Assembleia Municipal Jovem é um instrumento político de elevada importância, porque desta forma os jovens são ouvidos e de têm uma voz ativa e participativa na sociedade na medida em que são estimulados a participar
ativamente no meio envolvente apontando não só carências existentes, mas também as soluções que entendem necessárias para atingir os objetivos que pretendem.

 

 

- Publicidade -

- Publicidade -

 

- Publicidade -

 

 

- Publicidade -