Operação Eureka – acção de desmantelamento de organização criminosa internacional com ligações a Aveiro

2023-05-03

A Polícia Judiciária, em concertação com o DCIAP, no âmbito de Cooperação Judiciária e Policial com as Autoridades Judiciárias Italianas, levou a cabo uma operação policial destinada ao cumprimento de vários Mandados de Busca

Operação Eureka – acção de desmantelamento de organização criminosa internacional com ligações a Aveiro


A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional Contra Terrorismo e do Gabinete de Recuperação de Ativos, em concertação com o DCIAP – Departamento Central de Investigação e Ação Penal, no âmbito de Cooperação Judiciária e Policial com as Autoridades Judiciárias Italianas, levou a cabo no dia de hoje, uma operação policial destinada ao cumprimento de vários Mandados de Busca domiciliária e não domiciliária, bem como ao cumprimento de Mandados de Detenção Europeus.
 A ação policial em causa inseriu-se numa grande operação internacional, denominada “EUREKA”, que se desenrolou no continente Europeu, nomeadamente em Itália, Alemanha, Espanha, França, Bélgica, Eslovénia, Roménia, e ainda na América do Sul, em países como no Brasil e no Panamá.
A operação realizada visou o desmantelamento de uma organização criminosa, de estilo mafioso, conhecida por “Ndrangheta”, originária da cidade de San Luca, em Régio-Calábria, Itália, sendo reconhecida como a maior organização policriminal italiana, com ligações ao Primeiro Comando da Capital do Brasil e responsável pelo transporte e Tráfico de grandes quantidades de cocaína para a Europa, Tráfico de armas, posse ilegal de armas, Fraude e Evasão fiscal, Branqueamento de capitais e Corrupção.
 A rede criminosa objeto de investigação, liderada por famílias poderosas da Calábria, estive envolvidaa durante décadas em episódios de violência entre clãs. 
A nível nacional, esta ação policial, teve lugar em Braga, Vila Nova de Gaia, Aveiro e Lisboa, e foi detido um homem, de 62 de idade, de nacionalidade italiana, e encontra-se indiciado pela prática de crimes de associação criminosa, de branqueamento de capitais, e de tráfico de estupefacientes, saldando-se na apreensão vastos elementos de prova, documentos, viaturas e dinheiro (cerca de meio milhão de euros), bem como o arresto dos ativos de 9 sociedades comerciais, incluindo 5 estabelecimentos de restauração.
 Globalmente a Operação “EUREKA” resultou da detenção de 108 suspeitos ligados à organização mafiosa.

 

 

 

 

- Últimas de -

- Publicidade -

- Publicidade -

 

- Publicidade -

 

 

- Publicidade -