Enrique Balsera: Peregrino

2022-11-21

Enrique Balsera tem 57 anos. Há seis que está em peregrinação.

Enrique Balsera: Peregrino

De piloto da Lamborghini a peregrino. Enrique Balsera, acompanhado pelo seu burro “Espírito Santo”, passou por Vagos no seu percurso até Fátima, onde espera passar as próximas festividades.

Não fala à imprensa por não se achar merecedor de tal atenção, mas quer que a sua história chegue a todos quanto possível e partilhou-a com os alunos da EB da Quintã.

Recorda o grave acidente de automóvel que teve, seguido de uma queda, que o obrigou a uma cirurgia complexa e que, segundo o próprio, não o deixou paraplégico, como é regularmente mencionado nos media: “apenas fiquei sem caminhar um ano”, afirmou.

Relata que, assim que voltou a caminhar, comprometeu-se a ir a cinco locais sagrados, num período de dez anos.

Há seis a caminhar, diz que está “em paz”, que não tem frio ou fome e que se tiver que pedir algo será apenas pão e água. Aos mais pequenos, conta que a sua cama “é o chão e o meu teto é o céu”. O seu conforto está na fé.

Apesar de ainda não saber o que irá fazer após a sua jornada, aos 57 anos, Ernesto Balsera diz que tornar-se num peregrino de Deus foi a melhor decisão que tomou.

Ainda assim, relembra que também é humano e que por isso só fala com a sua família quando chega ao destino para não cair na tentação de ir para junto deles.

Aquele que é hoje considerado o “peregrino mais famoso do mundo” terminará a sua jornada em Roma.

 

 

- Publicidade -

- Publicidade -

 

- Publicidade -

 

 

- Publicidade -