Antigas piscinas do Beira-Mar: “Um esqueleto no armário do PSD e do CDS”

2021-05-18

As declarações são de Nelson Peralta, candidato à Câmara de Aveiro pelo Bloco de Esquerda.

Antigas piscinas do Beira-Mar: “Um esqueleto no armário do PSD e do CDS”

A empresa privada, proprietária dos terrenos onde antes se localizavam as piscinas do Beira-Mar, fez um pedido de licenciamento dos terrenos para demolição. 
Uma acção que despoletou uma onda de revolta nos bloquistas que falam “de uma vigarice que foi feita ao povo aveirense”.
Há mais de dez anos atrás, estes terrenos terão sido vendidos pela Câmara de Aveiro ao Beira-Mar “pela calada da noite” por 1,2 milhões de euros. “Cinco minutos depois”, conta Nelson Peralta, os terrenos foram revendidos pelo Beira-Mar a uma empresa privada por 2,4 milhões de euros. 
Isto é “um esqueleto no armário do PSD e do CDS”, afirma o candidato à Câmara de Aveiro pelo Bloco de Esquerda. 
Da perspetiva do bloquista, Ribau Esteves, actual presidente de Câmara, “podia ter tentado anular judicialmente este negócio e não o fez”. 
Com este licenciamento, poderá nascer um novo projeto imobiliário onde antes haviam piscinas. 

 

 

- Publicidade -

- Publicidade -

 

- Publicidade -

 

 

- Publicidade -