Ensino à distância: Silvério Regalado lança duras críticas ao Governo

2021-02-22

Em causa está a necessidade das autarquias, na sua maioria, terem tido a necessidade de se substituir ao Governo na entrega de equipamentos informáticos e de acesso à internet aos alunos do concelho

Ensino à distância: Silvério Regalado lança duras críticas ao Governo

A Câmara Municipal de Vagos distribuiu, a título de empréstimo, ate ao momento, 455 computadores aos alunos do concelho referenciados com essa necessidade. A este número soma-se, ainda, os 65 portáteis emprestados pelo Agrupamento de Escolas de Vagos aos alunos identificados pelos diretores de turma. Do Ministério da Educação chegaram, apenas, 36 equipamentos. 

As necessidades dos alunos não se ficaram pelos computadores. A autarquia vaguense precisou de adquirir microfones e webcams para os alunos que dispunham de computadores, mas não destes equipamentos também necessários para as aulas síncronas. 

Quanto à rede, o Município distribuiu uma centena de equipamentos de internet. 

Perante estes dados, o presidente da Câmara de Vagos, Silvério Regalado, afirma que “mais uma vez se vê a vergonhosa preparação que o Governo teve”. 

Quando comparados o número de computadores que a autarquia distribuiu com o número distribuído pelo Ministério da Educação, o autarca não esconde o descontentamento e refere que estes números são “reflexo de má gestão”. 

“É inacreditável como é que só no início deste mês é que foi aprovado em Conselho de Ministros a autorização de despesa extraordinária  para aquisição de computadores”, conclui. 

 

- Publicidade -

- Publicidade -

 

- Publicidade -

 

 

- Publicidade -