Encerrado estabelecimento ilegal com 30 pessoas no seu interior

2021-01-25

O estabelecimento estava a funcionar no interior de uma residência em Oliveira de Azeméis.

Encerrado estabelecimento ilegal com 30 pessoas no seu interior

A GNR encerrou um estabelecimento de bebidas com 30 pessoas no seu interior. 

No decorrer de uma ação de policiamento, os militares da GNR depararam-se com algum ruído proveniente do interior de uma residência. 

Após diligências policias, os militares da GNR verificaram que no interior da referida residência funcionava ilegalmente um estabelecimento de bebidas com clientes no seu interior. 

A proprietária do estabelecimento, uma mulher, de 42 anos, foi constituída arguida, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Oliveira de Azeméis. Perante o incumprimento ao dever geral de recolhimento domiciliário, foram também elaborados 30 autos de contraordenação às pessoas presentes no local. 

 

 

- Publicidade -

- Publicidade -

 

- Publicidade -

 

 

- Publicidade -